quinta-feira, 30 de agosto de 2007

Mãe.

Afinal o amor são duas pernas.
Uma para mim.
Uma para ti.

5 comentários:

Filipa disse...

Que engraçado!

Max disse...

Ei? Eu nunca tinha visto esta ilustra. Bom, se o tema é Mãe... se uma daquelas personagens é a preta da minha irmã!!! A outra sou... EU?

Porque me andas a desenhar desta forma rabiscada e a colocar na internet assim? Pediste licença? Espera até de deitar a mão em cima. E vais levar com juros!!! Que esta "coisa" já aqui deve estar faz tempo!

liliana_lourenco disse...

Ahaha!..:D :D

Eu tinha uma perna e tu tinhas outra. :)
E às vezes até brigávamos quando tu roubavas aquela que era a 'minha' perna e vice versa'. :p

Aiai.. bonitos tempos esses. ;) **

Max disse...

As duas pernas eram minhas (E AINDA SÃO), eu apenas tolerava a tua presença. Mas estou a ver que foi um erro - afinal já pensavas que era tua? Hmm hmm.

liliana_lourenco disse...

:).. parvo..

A minha perna era esquerda. ;) E ainda é.. :) **