domingo, 21 de outubro de 2007

Pai...

Houve uma altura em que o meu pai era o homem mais alto e mais forte do meu mundo.
Tenho saudades.
Mas depois eu cresci e ele encolheu um bocadinho.
Mas para mim continua a ser o homem mais forte do Mundo, mas o mais alto já vi que não é...

3 comentários:

Anónimo disse...

Olá Liliana. Parabéns pelo teu blog!

Marco Mendes

Vánia Valadeiro disse...

eheheheheh!!!!é verdade mesmo!as coisas são assim e sinto o mesmo!
jinhux*V*

Ambicka disse...

beautiful...