quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Mar

Agora faz de conta que ela tinha naufragado numa ilha totalmente deserta.

- Até quando? - perguntou-lhe o Mar.
- Até que me afunde inteiramente na areia.. para que aos poucos me venhas buscar.
- Sem ansiedades?
- Sim.. sem ansiedades. **

4 comentários:

elsafer disse...

tranquilidade que as suas águas nos transmitem
uma sereia a tua deusa , a tua imagem

liliana_lourenco disse...

:) **

EVA disse...

Serenidad?
AAy ..le falta un brazo.....estoy esperando a tiburón :-p

Un besito Liliana

liliana_lourenco disse...

Os tubarões que lhe consomem a mente.. :)

Beijinhos Eva. :) **