sábado, 30 de janeiro de 2010

Voa

Alguém que lhe mate docemente, antes que ela sonhe ter tempo de cair no chão. **

4 comentários:

André Moreira disse...

Pois, tem de ser, é a observar que se aprende.

Gosto bastante dos seus trabalhos E frases respectivas.

Continuação de bom trabalho.

dina disse...

deixa voar, para quê acordar?

silvia marta disse...

Olá foi com grande surpresa minha que nesta manhã escura e chuvosa de Domingo aqui na ilha que habito,atrevés do blog de um amigo (novelos também contam histórias) venho dar a este blog , uma lufada de ar fresco e um sorriso no canto da boca....pretendo regressar
Parabéns ....
silviamarta

liliana_lourenco disse...

André:

É bem verdade. :)
Obrigada pela visita e comentário. :)

**

Dina:

É bom saber que podemos fazer tudo o que queremos, quando estamos a sonhar. ;)

**

Sílvia:

Olá!

Então os novelos desenrolaram e chegaram até aqui.. :)

Obrigada pelas palavras. :)
Ainda bem que gostaste e espero ver-te por aqui mais vezes.

**