domingo, 28 de fevereiro de 2010

Ritual

Todos os dias de manhã, assim que me levanto, vomito carinhosamente as pessoas de quem eu mais gosto.

Porque é no estômago que sinto, as saudades que tenho.
E é do estômago que saem, os sentimentos que mastigo. **

12 comentários:

7ze disse...

Hoje já não deves levantar-te de manhã... Com sorte, vomitas-nos depois de almoço. Eu não tenho esse ritual, mas tenho saudades tuas. A imagem parece-me boa, tu és isso mesmo, do estilo ruminante: os alimentos (no teu caso, sentimentos), dão volta ao estômago, ainda mal mastigados; depois regurgita-los, com calma, para mastigar melhor e lhes extraíres todo o seu sumo de emoção. O estômago é só um dos cinco pontos chave... já o tinhas usado, com as brobletas (para quando estamos apaixonados); em torno do vomitado de afecto amigo, uma mozca parece-me, no entanto, mais indicado. Durante a noite, enquanto dormimos, formamos com as pessoas de quem mais gostamos uma mescla, uma amálgama onírica e indefinida; depois, temos de nos preparar para a realidade do dia-a-dia, temos de reassumir a nossa individuação, por isso se torna necessário este ritual. Mas o teu vomitado é de qualidade, como se pode ver aqui no teu blog, com as tuas ilustras: os sucos gástricos já começaram a surtir efeito, reduziram imagem e contexto a uma meta-informação extremamente fácil e agradável de assimilar.

Mateus Luciano disse...

contado assim as coisas parecem mais simples
palavras tão requintadas ,alinhadas com uma diciplina cirurgica nas palavras

elsafer disse...

o recolhimento do gesto do teu desenho , o seu olhar de espera ... apetece dar-lhe um abraço para "abafar" o seu "mau estar"
:)

liliana_lourenco disse...

7ze, Mateus e Elsa: :) **

Anna Molly disse...

So true!!
É no estômago que se manifestam os mais diversos sentimentos! (mas o coração é que fica com os louros todos!! pfee!)

Está muito bonito!

✿Bisous,
aNa✿

liliana_lourenco disse...

.. e quando dói: Eno. ;) **

Spark disse...

Muy bonito. :)

liliana_lourenco disse...

Gracias. :).. **

ajg disse...

os teus desenhos recentes (ou pelo menos aqueles que são recentes aqui no blog) são muito enxutos/claros/firmes, e acho isso muito bom.
a única coisa que - para mim - é frágil é o diálogo que se estabelece com os textos: as imagens são muito poderosas e pedem silêncio.

liliana_lourenco disse...

Obrigada Ajg. :)

E sim, percebo o que dizes em relação ao silêncio.
Percebo muito. Percebo demais.. ;) **

Manuela Coelho disse...

Gostei muito deste desenho, está magnífico! Tanto o desenho como o poema que o acompanha.

Beijinhos

liliana_lourenco disse...

Olá Manuela!

Obrigada pelo teu comentário. :)
Volta sempre. **