quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Voar mais alto

A ilustração é o meu eterno amigo imaginário.
É um indelével que me realiza e que na nossa paixão me abandona.
Às vezes pergunto-lhe quanto tempo falta e ele responde-me que para eu saber… o nosso primeiro momento tinha que morrer.
Vivemos assim, a soprar as linhas, que teimam em bater certo quando desistimos delas.
Hoje, disse-me ele: "Deixemos de viver para o que possa vir a ser. Temos 362 dias para podermos voar mais alto."
Feliz 2018. **

2 comentários:

Patife disse...

Awwwwww. Fascinado. Agora entrego-me ao imaginário de pensar nas ilustrações que me farias. Brilhante. Mas pronto. O exílio do imaginário é uma espécie de longa insónia. ;)

liliana_lourenço disse...


... há quem diga que as insónias podem aumentar o risco de acidentes rodoviários. ;) **