domingo, 1 de novembro de 2009

Espelho

No dia em que não vos exigir que partam, não vos exigir que fiquem e nem tão pouco que apareçam.. olhem bem para mim, pois nesse dia eu serei um espelho. **

5 comentários:

paletadesonhos disse...

não acontecerá , porque a imagem dos teus traços falam-nos e tu ficas ... para sempre

:)

dina disse...

ideia engraçada

liliana_lourenco disse...

'Para sempre, eternamente'.. :)

Obrigada Paleta e Dina.

Beijinhos! **

7ze disse...

Um pensamento sem ilustra? Eu pensei que quando os teus neurónios se punham a funcionar, se exprimiam por ilustras!

Bom, mas tu és humana... Quer dizer: vais-te desprendendo da lei da morte, no momento em que brilha a ideia da próxima ilustra!

Espelho é um bom nome para uma... Ao trabalho! Sim, porque senão assustas-me: não estás a pensar deixar-nos, pois não?

O «para sempre, eternamente» é o conceito mesmo de obra de arte, como são as tuas ilustras, espelho de almas...

Isto foi feito meio à pressa, mas sabes o apreço que tenho por ti. Talvez devesses procurar em ti própria as fontes de inspiração que tens exaurido exogenamente...

Será isso que queres dizer com espelho? Desculpa espiolhar sempre tanto as matérias com as minhas cogitações gratuitas...

Um grande abraço,

P.S. Gostava de ver o teu auto-retrato, na mesa de trabalho, a ilustrar... linha Van Gogh, ou Velasquez; tu, ao espelho!

liliana_lourenco disse...

Não penso deixar o blog.
Isso significaria deixar-me a mim..

Estou atolada em trabalhos. Apenas isso.

Portanto desta vez, para verem a ilustra que se esconde por detrás do texto, bastará olharem-se ao espelho.

**