quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Às vezes gostava de expor o meu corpo todo. Por dentro e por fora. Como se eu fosse uma galinha no talho, toda aberta, sem nada a esconder. **

6 comentários:

Anónimo disse...

E os miúdos?

Podem ficar escandalizados?

Ou vêm num saquinho à parte?

Mas, Liliana, assim, com as entranhas à vista de toda a gente?

Não as estranhas?

P.S. Troca só 90º, no sentido contrário ao dos ponteiros do relógio, o ângulo do acento do À, pelo qual começa a mensagem. Na imagem, parece que vem de fora; é melhor se vier de dentro, como o resto.

P.S. (2) E acho indecente uma ilustra destas não ter um comentário: quando entro aqui, estão sempre dois ou três on-line (a ver se voltam)... porque não se manifestam? ó milhões de fãs da Liliana, escrevam só: gostei! Partilhem o vosso entusiasmo.... Que acanhamento! A Liliana merece melhor acolhimento.

liliana_lourenco disse...

:) **

EVA disse...

OOOOH cuánto tiempo, me estoy perdiendo tus preciosos dibujos..espero tardar menos la próxima vez

Veo que tienes dos blogs...me gustan

liliana_lourenco disse...

Besos guapa! :) **

Susana Miguel disse...

o anónimo tem razão;)*
e eu que gosto sempre tanto, adoro, admiro!esta ilustração é uma das minhas preferidas:)sinto que tudo aqui vem de dentro e é tão belo (...)

gostei;)
muitos beijinhos, liliana.

liliana_lourenco disse...

Esta ilustração marca muitas coisas que vêm cá dentro e que só alguns vêm do lado de fora.. ;)

Muito Beijinhos Susana! **